Destinos

As belezas da Aldeia Histórica de Marialva

Ter a oportunidade de viajar por um país recheado de muita história, tradição e uma cultura riquíssima é um prato cheio para qualquer viajante. Agora junte a isso o fato de poder passar por lugares tão pitorescos, tão peculiares e únicos em uma viagem tão marcante. Pois é exatamente essa a combinação perfeita que foi realizada neste trecho de minha viagem por Portugal ao me encantar com a Aldeia Histórica de Marialva. Para quem não faz ideia do que estou falando, Marialva é uma das 12 Aldeias Históricas de Portugal e fica localizada a oeste de Viseu. Um lugar único que nos leva a uma verdadeira viagem no tempo.

Ao entrar em Marialva, temos a sensação que entramos num cenário histórico, preparado para um filme medieval. As ruas, ladeadas por edifícios resistentes ao tempo, conduzem-nos à cidadela cercada pelas muralhas em cujas ruínas perdemos a noção do tempo. No interior destacam-se a Praça, solenemente assinalada pelo Pelourinho e pelo edifício da antiga Câmara, também tribunal e cadeia (século XVII); alguns metros mais à frente a torre de menagem e a Igreja de Santiago.

Classificado como Monumento Nacional em 1978, o castelo que domina a Aldeia Histórica de Marialva do alto de um penhasco data provavelmente do século XII ou do início do século XIII, quando D. Sancho I promoveu o povoamento da região. Em 1286, D. Dinis estabeleceu ali uma das muitas feiras criadas no seu reinado. A partir de finais do século XV; o castelo perdeu importância, à medida que as novas exigências da guerra o tornaram obsoleto. Em meados do século XVII, foi ainda utilizado durante a guerra peninsular, mas um século depois estava já irremediavelmente abandonado. Na década de 40 do século XX, aconteceu a reconstrução da torre de menagem assim como a muralha que ameaçava desaparecer com o tempo.

Infelizmente o tempo que tive nesta região foi muito curto e não pude aproveitar maiores detalhes do local e também do entorno. Porém, tive a oportunidade de estar imersa na história de Portugal ao passear pelas ruínas do antigo Castelo Medieval de Marialva e da vila intramuros. Pude sentar-me no alto de uma das torres e observar com calma toda a imensidão da região e pensar em como era tudo aquilo na época das grandes batalhas e conquistas. Uma verdadeira viagem no tempo. Observar as muralhas; o pelourinho; a antiga casa da câmara, tribunal e cadeia; o poço-cisterna; as igrejas; o pequeno cemitério; as torres; os arcos… é impossível não pensar em como havia movimento naquela pequena região hoje composta apenas pelas ruínas e por uma atmosfera misteriosa.

Marialva possui uma história muito rica para as conquistas territoriais de Portugal, mas possui algumas lendas bastante curiosas com relação principalmente à escolha de seu nome. Algumas explicações possíveis sobre o nome de Marialva são:

  • O nome – Não se pode afirmar com certeza qual a origem do nome de Marialva, mas crê-se que terá sido assim atribuído por Fernando Magno como tributo à Virgem Maria (Maria Alba) visto o culto Mariano ser uma prática comum durante os séculos XI e XII.
  • A lenda – Há ainda quem relacione o nome à Lenda da Dama dos Pés de Cabra, uma linda moura com pés de cabra e de nome Marialva que, de uma das torres da povoação, ao se apaixonar por um cavaleiro cristão, acabou por revelar a todos o seu segredo. Conta a lenda que, ao se sentir vista como um demônio, a moura se atirou da torre onde vivia.

Marialva é um destino turístico capaz de agradar diversos perfis de viajantes, mas reforço que casais em lua de mel ou em clima de puro romance não encontram ambiente mais propício na região. Tudo por ali é perfeito para desbravar a dois. Pude apreciar diversos ângulos da antiga cidadela, fosse do alto da torre do castelo ou de um belo passeio pelas ruínas, tudo inspira um certo aconchego e romance no ar. Será que isso tem ligação com alguma das lendas? Licenças poéticas á parte, Marialva é uma verdadeira delícia.

Ali bem pertinho fica localizado o Parque Arqueológico do Vale do Côa, patrimônio da humanidade, com suas figuras paleolíticas e você deve incluir em sua visita pela região. Infelizmente, não tive tempo disponível para realizar esta visita, mas conforme fui informada por diversas pessoas locais, este passeio é uma delícia.

Um dos momentos mais marcantes para mim foi poder passear calmamente entre as ruínas e demais construções que permanecem de pé dentro dos muros do Castelo. Apaixonada confessa por história, especialmente por história medieval, essa foi uma oportunidade que quero repetir o mais breve possível e com mais tempo. Fotografias podem até registrar um pouco do que vi durante essa parte da viagem, mas são incapazes de registrar a emoção, os sentimentos que vivenciei em momentos únicos me sentindo parte da história.

Há lugares que só Portugal pode oferecer para o mundo. As Aldeias Históricas são um belo exemplo disso com ambientes envoltos em uma atmosfera com muita magia e misticismo. São documentos vivos e autênticos de uma história secular. As Aldeias são o palco perfeito para viajar no tempo, viver emoções genuínas e o ponto de partida pode ser Marialva.


Publicidade Ⓘ

Quer saber como conseguir a cidadania portuguesa?


Naira Amorelli
Naira Amorelli
Naira Amorelli, Travel Writer, Turismóloga e publicitária é uma apaixonada por Portugal e vive a sonhar com novas descobertas pelos caminhos mais escondidinhos do país. Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes. Havendo reprodução total ou parcial favor citar a fonte: www.portaldeportugal.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *