Descubra Portugal

Portugal será um exemplo para o mundo em áreas marinhas protegidas

Portugal dá início a projeto para transformar 15% do mar dos Açores em áreas marinhas totalmente protegidas. A nova reserva somada tomará 150 mil km2 de oceano em torno das nove ilhas, um acréscimo significativo aos 50 mil km2 já protegidos.

No arquipélago dos Açores transitam espécies migratórias do Atlântico Norte e do Sul, do Mediterrâneo e de zonas tropicais, fazendo da área um hub da biodiversidade marinha. Situado no Atlântico Norte, a 1.500 km da costa portuguesa, as ilhas açorianas têm origem vulcânica e o arquipélago está fincado sobre o encontro de três placas tectônicas, onde cordilheiras submarinas e vulcões compõem um paraíso exótico no fundo e fora do mar.

Graças às ilhas açorianas, Portugal integra o pelotão das nações com mais oceano sob sua responsabilidade, em 20º lugar. Por lá encontramos prados muito verdes em contraste com o mar de azul profundo, que atraem milhares de turistas e velejadores todos os anos. A observação de baleias é das atividades mais difundidas para o turismo local, onde mais de 20 espécies já foram identificadas. Além disso, há um campo hidrotermal a mais de 500 metros de profundidade, um local por onde aflora água aquecida rica em minerais raros. A água brota por meio de “chaminés” naturais em torno das quais proliferam microrganismos.

Como informou o site publico.pt, a criação das novas reservas marinhas tem potencial para colocar Portugal na vanguarda dos projetos de conservação do mar. O projeto, batizado de Blue Azores, nasceu como um esforço conjunto do governo dos Açores e duas entidades privadas: a Fundação Oceano Azul, ligada ao grupo do aquário de Lisboa, e a americana Waitt Fundation, especialista em parcerias público-privadas para a sustentabilidade do mar.

Quase metade das reservas existentes no mundo tem menos de 10 km2, segundo o Atlas da Proteção Marinha, um projeto do Instituto da Conservação Marinha. Cerca de 4,8% do oceano global está protegido de alguma forma, sendo que apenas 2% são consideradas zonas totalmente preservadas. O desafio de Portugal para os próximos três anos é implementar as novas áreas de proteção, com base em estudos técnicos que definirão os locais e as espécies mais frágeis, as regras e respectivas punições. Será uma façanha e tanto colocar sob uma redoma de preservação 20% da zona econômica exclusiva.

mar dos Açores
5% das áreas marinhas no mar Açoriano já são preservadas. Fonte: Governo Regional dos Açores/Atlas da Proteção Marítima

Publicidade Ⓘ

Quer saber como conseguir a cidadania portuguesa?


Redação
Redação
O Portal de Portugal é uma plataforma de comunicação que chega para divulgar os destinos e atrativos turísticos do país, sua hospitalidade, gastronomia, cultura e estilo de vida.   Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes. Havendo reprodução total ou parcial favor citar a fonte: www.portaldeportugal.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *