Destinos

Um passeio pelo Porto

A premiada cidade do Porto, segunda maior cidade portuguesa e entre as mais antigas do país, fica ao Norte de Portugal, em média a 300 quilômetros de distância de Lisboa, onde muitos brasileiros se acostumaram por anos a chegar em terras lusitanas.

Localizada na margem direita do Rio Douro, o Porto encanta todos os visitantes pela sua rica história e mistura do concreto escurecido das construções antigas com rejuvenescedoras paisagens naturais.

É impossível não reviver o passado ao caminhar pelo calçamento de paralelepípedos das charmosas ruelas do Porto. Cidade que em 1996, teve o seu centro histórico, até os limites da Muralha Medieval, reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Embarque numa viagem medieval e percorra o centro histórico, passando pela Catedral ou pela Torre dos Clérigos. De elétrico ou a pé, desça até ao cais e experimente a sensação de passear num dos famosos barcos rabelos que percorrem o rio Douro. Aproveite para admirar as seis pontes da cidade, visitar as Caves de Vinho do Porto e provar este característico vinho num ambiente acolhedor e requintado.

Existem alguns lugares tradicionais na cidade que você não pode deixar de conhecer como a Casa do Infante, a igreja Monumento de São Francisco de Assis, o Palácio da Bolsa, a agradável marginal ribeirinha e as bem preservadas ruas da Ribeira e de Miragaia. Mas admire, igualmente, a modernidade bem presente na Casa da Música e no Museu de Arte Contemporânea de Serralves, um espaço onde arte e natureza se integram. Você também não pode deixar de conhecer a Casa da Música, a Livraria Lello, o Café Majestic, e a Estação São Bento.

Na zona da Ribeira (Patrimônio da Humanidade na classificação da UNESCO) há uma luz especial, que deixa boas memórias, e uma atmosfera única que nos convida a voltar. É o lugar mais típico da cidade do Porto e é onde estão as ruas e praças mais antigas — a Rua da Fonte Taurina e a conhecida Praça da Ribeira são dois bons exemplos. O toque medieval permanece, mesmo que misturado com a contemporaneidade dos dias. Foi precisamente aqui que a cidade começou a crescer e, em todas as ruas e esquinas, há história(s) para contar. Entre as casas com fachadas coloridas, as arcadas antigas e as ruas estreitas e sinuosas, encontramos a feliz agitação dos bares e restaurantes típicos e nos quais podemos provar as melhores iguarias portuenses, sempre com uma vista encantadora para o rio e… para a vida.

O Porto é uma cidade onde você, com certeza, não vai ficar um minuto sem ter o que fazer. Para aproveitar tudinho, seu fôlego precisa ser bom, além das várias e íngremes escadarias e ladeiras pela cidade, você encontrará uma imensa variedade de atrações de dia e de noite. Para ajudar a dar uma economizada, uma dica é comprar o Porto Card. Um cartão de descontos que permite a entrada em museus e pontos turísticos, dá descontos em restaurantes e cruzeiros pelo Rio Douro, e permite o uso ilimitado de transporte público.

Experiências imperdíveis no Porto

As caves e quintas do Douro são o local ideal para conhecer a história do vinho. Visite uma quinta onde se produzem os preciosos néctares da região e durma embalado pela sedução da natureza em fabulosas varandas sobre o Douro. Você poderá ficar num hotel que já foi uma adega ou, se preferir, optar por um alojamento mais moderno mas perfeitamente integrado no ambiente natural em que se encontra.

Na região demarcada, existem várias quintas centenárias adaptadas ao enoturismo, onde é possível passar a noite, passear entre os vinhedos, visitar a produção, comprar vinho, fazer provas de vinho, participar de jantares temáticos e assistir ou tomar parte nas atividades das vindimas.

Se você estiver pelo Douro em setembro/outubro, não pode perder a oportunidade de participar na colheita das uvas e conhecer por dentro uma tradição que atravessou várias gerações. As vindimas são uma experiência única. Inspire o aroma das vinhas, partilhe a alegria dos cânticos dos trabalhadores e então quando sair do Douro nunca mais verá um copo de vinho da mesma forma.

E por falar em vinho, para além do Vinho do Porto, vale a pena provar os vinhos DOC (Denominação de Origem Controlada) do Douro, o moscatel de Favaios e o espumante de Távora-Varosa.

Passeio de comboio

Viaje pelo Douro como no início do século XX, num comboio a vapor. Você passará por cenários de impressionante beleza natural e tranquilidade. A Linha do Douro, entre o Porto e o Pocinho, é uma grande obra de engenharia. As locomotivas históricas que hoje transportam visitantes são a memória do tempo em que a ligação entre as localidades e o escoamento do famoso Vinho do Porto era assegurado desta forma. A velocidade também continua a mesma: 30 Km/h.

Seguro Viagem: Europa
GTA 55 EUROMAX Assistência médica EUR 55.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 21/dia*
TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 R$ 11/dia*

Cruzeiros no Douro

Viajar de barco até às quintas onde se produz o famoso Vinho do Porto é outra experiência incrível. Partindo do Porto, faça um passeio pelo Douro, de um ou mais dias e desfrute de uma proposta única nesta viagem.

Do rio, que até finais do séc. XIX era a grande estrada de acesso ao interior e a via de transporte das grandes pipas de vinho, a perspectiva é única. As belas encostas em socalcos do vale do Douro, onde se plantam as vinhas, começam perto de Barqueiros, prolongando-se até Barca d’Alva e oferecem uma das mais impressionantes paisagens rurais construídas pelo homem.

Você pode optar por fazer uma pequena viagem num barco rabelo ou passar alguns dias a bordo de um barco-hotel. A escolha é sua, mas uma coisa é garantida: seja qual for o cruzeiro em que embarque, vai ser um passeio inesquecível.

Clima

Em se tratando de clima, não há nenhuma época do ano considerada ruim para ir ao Porto ou qualquer outra cidade de Portugal.

No Inverno as temperaturas variam entre os 5 °C e os 14 °C raramente descendo abaixo dos 0 °C. Durante esta estação, períodos chuvosos alternam com dias mais frios e de céu limpo. No Verão as temperaturas variam entre os 15 °C e os 25 °C podendo ocasionalmente atingir ou mesmo ultrapassar os 35 °C nos meses de Julho ou Agosto.

Em 2012 e 2014, a cidade do Porto foi eleita “Melhor Destino Europeu”, distinção atribuída anualmente pela “European Consumers Choice”.

Em 2013, foi eleita o “Melhor Destino de férias na Europa” pela Lonely Planet.

Também, no ano de 2014, a revista Business Destinations, que organiza anualmente o Bussiness Destinations Travel Awards, considerou que a Alfândega do Porto é o melhor espaço para “reuniões e conferências” da Europa, elegendo este centro de congressos pela sua qualidade e inserção urbana e, nesse mesmo ano, a edição europeia do Wall Street Journal dedicou duas páginas à cidade do Porto, que sugeriu como a cidade “fascinante e charmosa … perfeita para um fim de semana prolongado”.

No ano de 2015, a cidade do Porto volta a ser escolhida como um dos principais destinos turísticos da Europa, fazendo parte de uma lista de 10 polos turísticos feita pelo jornal britânico The Guardian.

Em Fevereiro de 2017, o Porto foi novamente eleito, pela “European Consumers Choice”, “Melhor Destino Europeu” do ano. É a terceira vez que a cidade realiza esse feito, sendo assim a única a consegui-lo por três vezes.

Gastronomia

Deixe-se tentar pelos enchidos, pelos queijos de vaca e de ovelha, pelo presunto e pela famosa bôla de Lamego. Delicie-se com um cabritinho com batatas e arroz de forno, uma caldeirada de borrego, um arroz malandro de entrecosto, um cozido à portuguesa, uns jaquinzinhos, peixinhos do rio, enguias e uma caldeirada de Eirós.

A lista de sobremesas também é extensa, com destaque para os milhos doces, os bolinhos de azeite, as cavacas, o biscoito da Teixeira, os pastéis de Santa Clara e muitos outros doces de origem conventual.

Vários pratos da tradicional culinária portuguesa tiveram origem na cidade do Porto. O prato típico por excelência da cidade são as Tripas à moda do Porto, prato histórico e que remonta à altura dos descobrimentos portugueses, e que pode ser encontrado em muitos dos restaurantes da cidade. O Bacalhau à Gomes de Sá é outro prato emblemático da cidade do Porto, muito apreciado pelo seu sabor e requinte, que tem também impacto em todo o território português, bem como no Brasil, visto que o nosso país foi povoado, estruturalmente, por portugueses da região Norte de Portugal. O Caldo Verde também é uma sopa típica, originária e emblemática do Porto e da região Norte de Portugal. A francesinha é, da culinária recente, o prato mais famoso, e é um belo sanduíche recheado com várias carnes (normalmente carne de vaca, linguiça, salsicha fresca e fiambre) e coberta com queijo e um molho especial (molho de francesinha).

O vinho do Porto, é mais que parte integrante das mesas portuguesas. O vinho do Porto é exportado internacionalmente a partir das caves que se situam na margem esquerda do rio Douro, em Vila Nova de Gaia, um belo passeios também. No Porto, também se situa a sede da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, sendo o vinho verde também o tipo de vinho, para além do vinho do Douro, que costuma acompanhar vários tipos de pratos da gastronomia portuense. É, no Porto, que se realiza, anualmente, o ‘Vinho Verde Wine Fest’.


Publicidade Ⓘ

Quer saber como conseguir a cidadania portuguesa?


Naira Amorelli
Naira Amorelli
Naira Amorelli, Travel Writer, Turismóloga e publicitária é uma apaixonada por Portugal e vive a sonhar com novas descobertas pelos caminhos mais escondidinhos do país. Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes. Havendo reprodução total ou parcial favor citar a fonte: www.portaldeportugal.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *